EUA

Inundações na região do Middle Tennessee causam 10 mortos e dezenas de desaparecidos

Inundações na região do Middle Tennessee causam 10 mortos e dezenas de desaparecidos

As inundações na região do Middle Tennessee causaram já 10 mortes e dezenas de pessoas estão desaparecidas, enquanto as chuvas, que quebram recordes, destruíram casas e estradas rurais, disseram este domingo as autoridades.

Kansas Klein contou à agência AP que assistiu horrorizado de uma ponte, na manhã de sábado, carros e casas inteiras serem 'varridos' em Waverly, uma cidade com cerca de 4500 habitantes onde o empresário, 48 anos, viveu mais da metade a sua vida. Duas meninas que passeavam pela trela um cachorrinho agarraram-se a uma tábua, mas passaram rápido demais para que Klein e outros cidadãos as conseguissem agarrar.

Depois de ser informado pelas autoridades para voltar, Klein voltou algumas horas depois, chocado com o facto de as águas terem recuado quase totalmente e horrorizado com a destruição que deixaram.

"Foi incrível como veio e saiu rápido", disse.

O empresário contou que o seu restaurante, uma pizzaria no estilo nova-iorquino com uma década, ainda estava de pé, mas o dilúvio matinal, no condado de Humphreys, fez com que as enchentes atingissem 2,1 metros, dentro do restaurante, resultando numa perda total.

Depois de sair do restaurante, Klein caminhou até às residências próximas e ouviu gritos. Um homem tinha acabado de recuperar o corpo de um bebé de uma das casas. Outros corpos viriam em breve.

PUB

"Estou a olhar para o meu restaurante, pensando em como foi horrível tê-lo perdido e, em seguida, virar a esquina e ver o bebé de alguém morto -- o meu restaurante não significa muito agora", disse Klein à agência noticiosa Associated Press, numa entrevista por telefone na noite de sábado.

O Sistema Público de Água da Cidade de Waverly está abrangido por um aviso de água muito quente.

As casas de renda controlada - dezenas de edifícios conhecidos como "Brookside" (a 96 quilómetros a oeste de Nashville) - parecem ter sofrido o impacto da inundação, disse Klein.

"Foi devastador: foram derrubados edifícios, metade deles foram destruídos", contou.

O xerife do condado de Humphreys, Chris Davis, disse aos meios de comunicação social que mais de 30 pessoas estão desaparecidas.

Quatro abrigos foram montados na noite de sábado para acolher residentes cujas casas se inundaram e uma escola secundária em McEwen está a ser ponto de reunião de famílias.

As linhas telefónicas estiveram interrompidas durante e após a tempestade, o que dificultou os esforços de buscas, segundo um comunicado do gabinete do xerife.

"Havia pessoas dentro das casas dormindo e acordaram com a mudança da casa, como se estivesse descendo um riacho", disse Michael Pate, residente em McEwen.

Dois dos corpos recuperados eram de crianças que se perderam do pai, segundo a WSMV-TV.

Waverly Cindy Dunn, 48 anos, e o seu marido Jimmy, de 49, foram resgatados do sótão da sua casa por uma equipa que usou uma escavadora para os alcançar.

"Inferno. Foi por isso que tivemos de passar", disse Cindy Dunn ao jornal The Tennessean.

O marido acordou-a no sábado, dizendo que a enchente empurrou o seu carro para o quintal. Eventualmente, a água na sua casa subiu para pelo menos 1,8 metros de altura, forçando-os a ir para o sótão. Dunn disse que o telhado não era uma opção.

"O meu marido tem cancro. Está a fazer quimioterapia e eu sou amputada. Portanto, não havia outro lugar além do sótão", disse Dunn, referindo que a sua casa e outras habitações vizinhas desapareceram.

A leste de Waverly, na cidade de McEwen, a chuva resultou em resgates de água, encerramento de estradas e interrupções nas comunicações. O volume de chuvas quebrou o recorde de 24 horas do estado (de 34,5 centímetros, detido desde 1982), de acordo com o Serviço Meteorológico Nacional de Nashville, embora os números de sábado tenham de ser confirmados. O serviço afirmou que não é esperada mais chuva.

Contudo, várias zonas mantêm-se sob alerta de inundações até à manhã de segunda-feira.

O governador do Tennessee, Bill Lee, escreveu no sábado, na sua conta na rede social "Twitter": "Cidadãos do Tennessee, por favor, fiquem atentos ao aumento das inundações causadas pelas fortes chuvas no centro do estado. Estamos a trabalhar ativamente na resposta a emergências e socorros, à medida que apoiamos os cidadãos nas áreas inundadas".

A Tennessee Emergency Management Agency (TEMA) ativou o seu centro de operações de emergência e afirmou que entidades como a Guarda Nacional do Tennessee, a Patrulha Rodoviária estadual e a Fire Mutual Aid estavam a responder às inundações.

Num boletim, a TEMA classificou a situação como "perigosa e em evolução", e instou as pessoas a evitar viagens nos municípios afetados.

Klein não tem certeza do que o futuro reserva para a sua família ou cidade e também não tem certeza do que aconteceu com as duas meninas que viu agarradas à tábua. Ouviu dizer que uma menina e um cachorro foram resgatados rio abaixo e que a outra menina também foi salva, mas não tinha certeza se eram elas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG