Exclusivo

Investigadora diz que "Bolsonaro sai mais forte da primeira volta"

Investigadora diz que "Bolsonaro sai mais forte da primeira volta"

Ao JN, Ana Paula Costa, investigadora brasileira do Instituto Português de Relações Internacionais, explica o peso que os resultados da primeira volta terão ao longo do próximo mês de campanha eleitoral.

Os resultados da primeira volta revelam algum desacordo em relação às sondagens. Era expectável?

As sondagens apontavam que o Lula da Silva iria ter cerca de 51% dos votos, mas há uma margem de erro de 2%, para mais ou para menos. Já o Bolsonaro estava ali em torno dos 35%. O que aconteceu é que nas urnas, o Lula teve o resultado expectável, mas o resultado do Bolsonaro foi melhor do que estava previsto nas sondagens. Em causa está um dos fatores que se tem vindo a discutir muito no Brasil: o voto envergonhado. Ou seja, as pessoas estavam com medo de declarar o sentido de voto e isto acontece por várias razões. Pela violência e também por vergonha. Só que não se sabia qual seria o candidato que o voto envergonhado iria beneficiar, porém, acabou por perceber que este tipo de votos foram mais para o lado do Bolsonaro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG