Mundo

Irão considera "repugnante" a reação de Donald Trump ao atentado em Teerão

Irão considera "repugnante" a reação de Donald Trump ao atentado em Teerão

O chefe da diplomacia do Irão qualificou, esta quinta-feira, de "repugnante" a reação aos atentados de Teerão por parte do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que afirmou que os países que apoiam o terrorismo arriscam-se a ser vítimas dele.

Teerão foi palco, na quarta-feira, de atentados sem precedentes, que fizeram 13 mortos, e cuja autoria foi reivindicada pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI).

"O comunicado da Casa Branca e as sanções do Senado são repugnantes numa altura os iranianos estão a enfrentar o terrorismo apoiado pelos clientes dos americanos", escreveu o ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Javad Zarif, na sua conta na rede social Twitter.

"O povo iraniano rejeita tais declarações de amizade por parte dos Estados Unidos", ironizou ainda o chefe da diplomacia iraniana.

Donald Trump afirmou na quarta-feira, numa breve declaração após os atentados na capital iraniana, que os países que apoiam o terrorismo, como o Irão, arriscam-se a ser vítimas dele.

"Os Estados que patrocinam o terrorismo tendem a ser vítimas do mal que apoiam", afirmou o Presidente dos Estados Unidos, numa posição que contrastou com as mensagens de condolências transmitidas durante o dia pela diplomacia americana.

Vários homens armados e bombistas suicidas atacaram dois lugares altamente simbólicos da capital iraniana: o mausoléu do "ayatollah" Khomeini, fundador da República Islâmica, e o parlamento.

Segundo os "media" locais, os sete ou oito atacantes fizeram-se explodir ou foram abatidos pelas forças de segurança.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG