Nomeação

Irlandês Paschal Donohoe sucede a Centeno no Eurogrupo

Irlandês Paschal Donohoe sucede a Centeno no Eurogrupo

O ministro irlandês Paschal Donohoe foi o escolhido para suceder a Mário Centeno no Eurogrupo.

Paschal Donohoe é o novo presidente do Eurogrupo, depois de ter vencido hoje a eleição para a liderança do fórum de ministros das Finanças da zona euro.

"Parabéns ao novo presidente do Eurogrupo", reagiu Mário Centeno, anterior dono do cargo, no Twitter, numa publicação ilustrada com uma fotografia do ministro das Finanças irlandês, que derrotou na segunda volta a espanhola Nadia Calviño, apoiada por Portugal, depois de o luxemburguês Pierre Gramegna ter abdicado cumprida a primeira volta.

Numa eleição realizada por voto eletrónico e secreto durante uma reunião do Eurogrupo celebrada por videoconferência e dirigida, pela última vez, o ministro de centro-direita surpreendeu a socialista, que tinha o apoio declarado dos dois pesos pesados da zona euro, Alemanha e França.

Donohoe, 45 anos e ministro desde 2017, tomará oficialmente posse na próxima segunda-feira, para um mandato de dois anos e meio, tornando-se o quarto presidente do fórum de ministros da zona euro, depois do luxemburguês Jean-Claude Juncker, do holandês Jeroen Dijsselbloem e do português Mário Centeno, que no mês passado abdicou de concorrer a um segundo mandato, ao abandonar o cargo de ministro das Finanças.

Costa elogia Centeno e felicita Donohoe

"Saúdo calorosamente Mário Centeno pelo seu trabalho no Eurogrupo. A sua liderança foi essencial à aprovação do pacote do Eurogrupo para responder à crise económica e social", escreveu António Costa no Twitter, desejando, de segunda, "felicidades" para o mandato do sucessor.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG