Reino Unido

"Irrelevância estatística" limitou viagens para Portugal

"Irrelevância estatística" limitou viagens para Portugal

A decisão de tirar Portugal da lista verde britânica para viagens internacionais foi baseada numa "irrelevância estatística" relacionada com 12 casos detetados no nosso país da variante do Nepal do vírus Sars-Cov-2, afirmou, esta sexta-feira, o ministro dos Negócio Estrangeiros, Augusto Santos Silva, que diz compreender cada vez menos a decisão.

Santos Silva pediu ao Governo britânico respeito pelas pessoas que têm de poder planear as suas viagens com tempo e salientou a necessidade de coerência, numa altura em que o esforço da vacinação aumenta, sendo necessário recuperar a Economia, fazendo as pessoas circular.

"Temos de mostrar aos nossos amigos britânicos que temos a situação pandémica razoavelmente controlada", explicou, em entrevista à RTP, o governante português, que sublinhou que os ingleses são bem-vindos no nosso país, desde que cumpram as regras.

Sobre as acusações de que o Reino Unido terá usada o nosso país apenas para a final da Liga dos Campeões, o ministro disse apenas que "não queria entrar por aí".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG