Inglaterra

Isabel II passou a noite no hospital a fazer exames

Isabel II passou a noite no hospital a fazer exames

A rainha Isabel II passou a noite desta quarta-feira no hospital, depois de realizar uma série de exames médicos, informa o Palácio de Buckingham. Regressou esta quinta-feira ao Castelo de Windsor.

O Palácio de Buckingham, em comunicado, explica que a Rainha Isabel II seguiu "o conselho do médico para descansar durante alguns dias", depois de passar a noite no hospital, no qual entrou para fazer exames "preliminares". Por "razões práticas", acrescenta a mesma fonte, citada pela agência de notícias francesa AFP, a monarca de 95 anos passou a noite no "King Edward VIII".

A rainha Isabel II regressou ao Castelo de Windsor quinta-feira, à hora de almoço, "e permanece de bom humor", acrescenta o Palácio de Buckingham. A ida ao hospital não foi anunciada, explicou a agência britânica Press Association, também citada pela AFP, como forma de proteção da privacidade da Rainha e também porque a estadia seria curta.

O motivo que levou a monarca a realizar exames não foi revelado, mas segundo o jornal "The Guardian" a passagem pelo hospital não estará relacionada com a covid-19, doença que tem estado a expandir-se novamente no Reino Unido.

Foi a primeira noite da rainha no hospital desde 2013, quando foi internada devido a uma gastroenterite no mesmo "King Edward VIII", em 2013. Teve alta ao fim de um dia, tal como agora.

Segundo a imprensa britânica, a rainha ficou desapontada por não ter podido viajar para a Irlanda do Norte, para visitar a primeira cidade norte-irlandesa a garantir estatuto real, apropriadamente renomeada de Real Hillsborough. Relutantemente, aceitou o conselho médico de abrandar o ritmo, tendo trabalhado já na quinta-feira à tarde, desempenhando "deveres leves", segundo Buckingham.

Nas últimas semanas, a rainha Isabel II tem tido a agenda cheia com a participação na abertura do Parlamento galês e ainda com a receção, na terça-feira à noite, no Castelo de Windsor, aos delegados da Conferência Global de Investimento. A monarca deverá também participar na conferência sobre alterações climáticas da ONU, COP26, em Glasgow, no próximo mês.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG