Covid-19

Isolamento obrigatório não impede enchente em comboios de Madrid

Isolamento obrigatório não impede enchente em comboios de Madrid

Um dia após o Governo espanhol decretar estado de alerta para conter a expansão do novo coronavírus, estações ferroviárias, bem como os comboios do serviço suburbano Cercanías Madrid, encontravam-se praticamente lotados.

Vários utilizadores do serviço ferroviário Cercanías denunciaram a situação e teceram sérias críticas à elevada afluência de passageiros na estação de Atocha, que comprometia a distância de segurança estabelecida pelas autoridades de saúde.

A ADIF (Administração de Infraestruturas Ferroviárias) diz que se tratou de uma avaria pontual, e que o incidente foi resolvido pelas 10 horas, provocando atrasos de 5 minutos em várias linhas. Em declarações prestadas à ABC, fontes do departamento de José Luis Ábalos garantem que "não serão permitidas tais aglomerações novamente" e que serão tomadas "medidas mais restritas", se necessário.

Este domingo, o ministro dos Transportes, José Luis Ábalos, defendeu que evitar a propagação do coronavírus deve ser compatível com a garantia de mobilidade. Também anunciou que a oferta de serviços de transportes públicos rodoviários, aéreos e marítimos, seria reduzida até 50%, com exceção das ligações ferroviárias de Cercanías.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG