Segurança

Itália desmantela rede nazi com ligações a Mário Machado

Itália desmantela rede nazi com ligações a Mário Machado

As autoridades italianas descobriram uma rede que tinha como principal objetivo criar um partido Nazi no país. Nesta operação, que se estendeu a todo o território, foram encontradas várias armas de fogo e até espadas. Os elementos detidos teriam ligações ao partido Nova Ordem Social.

No total, de acordo com o que escreve a BBC, foram investigadas as casas de 19 suspeitos. Além das armas, as autoridades encontraram ainda bandeiras com referências ao antigo partido nazi, livros sobre Hitler e sobre Mussolini, antigo líder de Itália.

Até ao momento, ainda não foi revelado o número total de pessoas detidas no âmbito desta operação. Segundo as autoridades, o número de ataques racistas tem aumento no país, assim como a atividade dos movimentos nazis.

Portugal no mapa dos detidos

O objetivo, porém, não se ficava por Itália. O grupo pretendia criar uma aliança europeia, com outros movimentos xenófobos e antissemíticos, de forma a estender o movimento a outros países.

Segundo o "La Stampa", o grupo tinha relações com o partido português de extrema-direita Nova Ordem Social, que foi criado e liderado por Mário Machado. Os contactos terão mesmo ocorrido durante a "Conferência Nacionalista", realizada em Lisboa, no passado dia 10 de agosto. A criação de uma rede a envolver elementos de Portugal, França, Itália e Espanha seria o propósito final.

Já em julho, as autoridades levaram a cabo uma outra operação que culminou na detenção de várias pessoas e onde encontraram um míssil e várias armas, assim como propaganda nazi.

Outras Notícias