Exclusivo

Itália elege novo presidente sem Berlusconi na corrida

Itália elege novo presidente sem Berlusconi na corrida

Antigo primeiro-ministro era o trunfo da Direita, mas optou por se afastar da eleição, abrindo portas a Mario Draghi, um dos favoritos ao cargo.

Quando era jovem, prometeu à mãe que um dia seria presidente de Itália. Agora, com 85 anos e vários problemas de saúde, Silvio Berlusconi, o mais polémico primeiro-ministro de Itália, desistiu da corrida ao cargo de presidente, que se inicia esta segunda-feira, após Sergio Mattarella anunciar que vai sair de cena a 3 de fevereiro.

Depois de ser o candidato eleito pela Direita, o político decidiu deixar de lado a possibilidade de ser presidente da República. O antigo primeiro-ministro, rotulado por se envolver em escândalos sexuais referiu, no sábado, que estava fora da eleição, apesar de considerar que conseguiria apoio suficiente para ser eleito. Embora se sinta "honrado", Berlusconi recusou ser opção porque não quer ser a causa de "polémicas ou lacerações" numa nação ainda a lutar contra a pandemia, acrescentando que espera continuar a ver Mario Draghi como primeiro-ministro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG