JN Comunidades

Covid-19: Luxemburgo fechou fronteiras a Juliana e o noivo Xavier lançou uma petição

Covid-19: Luxemburgo fechou fronteiras a Juliana e o noivo Xavier lançou uma petição

Por não serem casados, a noiva brasileira de Xavier está impedida de entrar no Luxemburgo. Há oito meses que não estão juntos. O mesmo sucedeu à ucraniana Taya, e a sua relação não sobreviveu. Por amor, ambos lançaram petições públicas contra estas restrições por causa da covid-19.

A viagem de Juliana que vive no Rio de Janeiro, Brasil, para o Luxemburgo está agora marcada para o dia 1 de dezembro. É a sexta vez que esta "carioca" tem na mão um bilhete de avião com destino ao Grão-Ducado, para se juntar ao noivo, Xavier Ramon, nascido na Bahia, mas que vive no Luxemburgo desde os 15 anos.

O casal é um dos milhares pelo mundo a quem a covid-19 tem imposto um afastamento obrigatório, aos residentes de países fora da União Europeia, com relacionamento com cidadãos da UE. Já as pessoas casadas ou que "façam prova da existência de uma relação a longo prazo e de contactos regulares" podem entrar no país.

Leia mais em Contacto

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG