Comunidades portuguesas

Emigrantes criticam falta de informação "atempada" para viagens a Portugal

Emigrantes criticam falta de informação "atempada" para viagens a Portugal

O Ministério dos Negócios Estrangeiros tem recebido muitas queixas de portugueses, nomeadamente dos que vivem nos EUA, de que não conseguem realizar e obter o resultado dos testes nas 72 horas que antecedem a viagem, como é exigido.

O presidente do Conselho das Comunidades Portuguesas, Flávio Alves Martins, contesta a "falta de informação atempada" do Governo português sobre o despacho que obriga quem viaja de EUA ou países lusófonos a fazer teste à covid-19, 72 horas antes da viagem.

"O despacho [de 30 de junho] tem levantado dúvidas e por sair muito em cima [do período de férias] e entrar imediatamente em vigor já levou pessoas a terem de repetir o teste. Eu fui um deles", afirma o presidente do Conselho Permanente do Conselho das Comunidades Portuguesas, Flávio Alves Martins.

Leia mais em Contacto

Outras Notícias