Missão

Fuzileiro português apoia resgate com helicóptero em Moçambique

Fuzileiro português apoia resgate com helicóptero em Moçambique

Uma pessoa foi resgatada este domingo na Beira por um fuzileiro da Marinha portuguesa que integra a Força de Reação Imediata (FRI), em missão humanitária em Moçambique.

Segundo o portal do Estado-Maior-General das Forças Armadas, o salvamento ocorreu junto ao rio Buzi, numa aldeia isolada, com recurso a um helicóptero da Marinha indiana ao serviço das Nações Unidas.

De acordo com aquela publicação, uma mulher "com sinais evidentes de fraqueza" foi localizada durante uma operação de reconhecimento às áreas ainda isoladas. "Durante o voo, a tripulação do helicóptero apercebeu-se de um pedido de auxílio de vários populares no solo, que acenavam a pedir ajuda", pode ler-se no portal. "O Sargento Fuzileiro Faustino voluntariou-se de imediato para comunicar em português e efetuar o salvamento".

O texto acrescenta ainda que "o reconhecimento aéreo estava a ser realizado com uma equipa de militares portugueses, para identificarem as zonas onde está tarde vão fazer distribuição alimentar de emergência às populações isoladas, a ser concretizada através dos botes dos fuzileiros da FRI".