Suiça

Gazeta Lusófona na Suíça fecha após 22 anos ao serviço da comunidade portuguesa

Gazeta Lusófona na Suíça fecha após 22 anos ao serviço da comunidade portuguesa

O jornal Gazeta Lusófona, ao serviço da comunidade portuguesa residente na Suíça desde 1998, vai fechar, anunciou o fundador e diretor da publicação, Adelino Sá, no editorial da última edição de abril/maio.

O jornalista Adelino Sá, natural do Porto, fundou aquele que foi o primeiro jornal destinado à comunidade portuguesa na Suíça. "Quero agradecer publicamente as imensas mensagens de apoio. Acreditem que este é um momento muito difícil", reconhece o diretor do jornal no editorial.

A Gazeta Lusófona, com sede na cidade de Luzerna, contava com uma tiragem média mensal de 6.000 exemplares, que chegava a todo o território helvético. O diretor garante que foi necessário "muito esforço e dedicação" para dar vida ao jornal durante os 22 anos que esteve ao serviço da diáspora portuguesa na Suíça, ainda no editorial que reproduziu na rede social Facebook.

"Para se chegar até aos dias de hoje, foi necessário percorrer muitos milhares de quilómetros, nos últimos 14 anos. E orgulhamo-nos muito, temos de o referir, de nunca termos falhado uma única edição", adianta.

A Gazeta Lusófona, conhecida pela comunidade portuguesa na Suíça como sendo um "jornal de proximidade", além de tratar dos mais diversos temas da atualidade portuguesa na Suíça, disponibilizava informações práticas aos leitores de forma a ajudar a comunidade na sua integração no país de acolhimento.

Leia mais em Contacto

Outras Notícias