Acidente

Três jovens portugueses morrem em despiste na Holanda

Três jovens portugueses morrem em despiste na Holanda

Três portugueses com cerca de 20 anos morreram, na madrugada de domingo, na sequência de um despiste, em Rosmalen, na Holanda.

Duas mulheres e um homem de nacionalidade portuguesa morreram carbonizados, na sequência de um violento despiste em Rosmalen, na Holanda. O acidente ocorreu na madrugada do passado domingo, confirmou ao JN fonte da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, adiantando que o carro, no qual seguiam os jovens com cerca de 20 anos, ter-se-á despistado e embatido num poste.

De acordo com o jornal "Brabants Dagblad" - que avançou a morte dos três jovens -, os portugueses viviam em Nuland e trabalhavam numa empresa de transportes, sediada em Eindhoven. Entre as vítimas, conta-se um casal e uma amiga, sendo que ainda não são conhecidas as causas do acidente que destruiu por completo o Ford Fiesta em que seguiam. Sabe-se para já que mais nenhum veículo esteve envolvido no acidente.

A mesma publicação adianta que o casal vivia em Nuland há cerca de dois anos, enquanto a outra vítima estava na Holanda apenas há um mês. As autoridades holandesas estão agora a investigar o acidente mortal. No entanto, confirma-se que os jovens estariam a viajar na A59, em direção a Nuland, quando o carro bateu contra um poste e se incendiou.

Ao JN, fonte da Secretaria das Comunidades Portuguesas garantiu que as famílias já foram informadas do acidente e que estão em contacto com a embaixada portuguesa na Holanda, sem especificar de onde eram originários os três jovens.