Crime

Luxemburgo: Marco Silva volta a declarar-se inocente do homicídio de Ana Lopes

Luxemburgo: Marco Silva volta a declarar-se inocente do homicídio de Ana Lopes

Marco Silva, que foi condenado a prisão perpétua pelo homicídio de Ana Lopes, voltou esta terça-feira a declarar-se inocente na primeira ​​​​​​​sessão do julgamento de recurso no Luxemburgo.

No passado mês de janeiro, o português foi condenado em primeira instância à pena máxima pelo homicídio premeditado da ex-namorada, também de nacionalidade portuguesa, em 2017.

O julgamento do recurso prossegue esta sexta-feira de manhã, 12 de novembro. Ao contrário de Portugal, onde a condenação máxima são 25 anos, no Luxemburgo os crimes mais graves podem ser punidos com prisão perpétua.

Leia mais em Contacto

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG