Exclusivo

Portuguesa na Suíça esteve em greve de fome contra seguradora que lhe retirou apoio

Portuguesa na Suíça esteve em greve de fome contra seguradora que lhe retirou apoio

Portuguesa sofreu um acidente em março do ano passado. Empresa só pagou durante cinco meses.

A portuguesa Daniela Pinto, de 28 anos, esteve em greve de fome em frente à seguradora Suva, em Zurique, na Suíça, reclamando que lhe seja pago o seguro devido a um acidente de trabalho. Segundo relatou ao JN, em março do ano passado estava a "limpar uma escadaria" quando caiu, tendo-se magoado num ombro e perna.

Os problemas foram-se agravando e a portuguesa encetou tratamentos até que, em agosto, a empresa na qual tinha o seguro de trabalho, a Suva, notificou-a que não suportaria mais custos. "Disseram que os problemas poderiam ser de causas naturais e não havia provas de que era do acidente, pelo que se punham de fora", contou. Daniela Pinto recorreu, pois até então "nunca tinha tido problemas de saúde" como aqueles. Em novembro, enquanto aguardava uma decisão, foi operada à coluna.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG