O Jogo ao Vivo

Emigração

Portugueses com medo de visitar familiares emigrados

Portugueses com medo de visitar familiares emigrados

Um estudo realizado pelo Instituto Politécnico de Viseu (IPV) e pela Universidade de Coimbra (UC) revela que os portugueses consideram que, devido à pandemia da covid-19, é arriscado realizar viagens para férias, deslocações de trabalho ou para visita de amigos e familiares, em Portugal ou no estrangeiro.

O estudo do IPV e da UC, baseado em dados recolhidos nos últimos três meses, mostra que a pandemia teve "um forte impacto" na perceção de segurança dos portugueses relativamente a viajar no país e no estrangeiro.

"Os residentes nacionais concordam que a segurança é um fator fundamental para viajar e, inclusive, é o atributo mais importante para a escolha de um destino, em termos globais, mas é ainda mais crucial quando se consideram as viagens internacionais", conclui o o estudo.

As mais de mil respostas consideradas válidas - obtidas através de um questionário online - mostram que os portugueses consideram "arriscadas as viagens para férias, deslocações de trabalho, viagens com a família ou para visita de amigos e familiares dentro do país".

Leia mais em Bom Dia

Outras Notícias