Emigrantes

Portugueses no Haiti "estão bem e não foram afetados pelo sismo"

Portugueses no Haiti "estão bem e não foram afetados pelo sismo"

Todos os cidadãos portugueses que se encontram no Haiti "estão bem e não foram afetados pelo sismo", disse, este domingo, à Lusa o gabinete da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas.

Um sismo de magnitude 7,2 na escala Richter devastou, no sábado, em especial o sul do Haiti, agravando a já difícil situação do empobrecido país caribenho, também atingido pela pandemia de covid-19

Contactada pela Lusa, fonte do gabinete da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas adianta que o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) "está a acompanhar a situação através da embaixada de Portugal em Havana".

Segundo a mesma fonte, já foi possível "apurar que todos os cidadãos nacionais que se encontram no Haiti estão bem e não foram afetados pelo sismo".

O terramoto foi registado às 8.29 horas de sábado (13.29 horas em Lisboa), a cerca de 12 quilómetros da cidade de Saint-Louis du Sud, com epicentro de 10 quilómetros de profundidade, tendo sido sentido também na República Dominicana e em Cuba, segundo o Instituto de Investigação Geológica norte-americano (USGS, na sigla em inglês).

O número provisório de mortes causadas pelo sismo subiu, este domingo, para 724 e registaram-se até agora mais de 2800 feridos, segundo a Proteção Civil do país.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG