Luxemburgo

Portugueses no Luxemburgo preparam-se para férias na terra mesmo com receios

Portugueses no Luxemburgo preparam-se para férias na terra mesmo com receios

Os portugueses no Luxemburgo mostram-se preocupados com os riscos da pandemia e temem dificuldades no regresso ao trabalho, mas muitos não abdicam das férias no país de origem.

De acordo com José Trindade, fundador da CASA - Centro de Apoio Social e Associativo, na capital luxemburguesa, uma das mais antigas instituições de apoio à comunidade portuguesa no Luxemburgo, cerca de 80% dos portugueses que vivem e trabalham no Grão-Ducado virá de férias a Portugal este ano. "Todos estão entusiasmados de partirem de férias e tenho a certeza de que 70% a 80% da comunidade portuguesa residente no Luxemburgo prefere ir para Portugal, embora a situação ainda não esteja normal", reconhece José Trindade.

Na opinião do dirigente associativo, muitos dos portugueses que vivem no Grão-Ducado do Luxemburgo, já teriam vindo na Páscoa, como habitualmente, mas a pandemia não os deixou, e agora que as fronteiras terrestres abriram não vão perder a oportunidade.

Leia mais em LusoPress TV