Covid-19

Suíça retira Portugal da lista dos países de risco. Emigrantes não terão quarentena

Suíça retira Portugal da lista dos países de risco. Emigrantes não terão quarentena

A Suíça retirou Portugal da lista de países de elevado risco de infeção pelo novo coronavírus, o que obrigaria os emigrantes que passassem o Natal e o fim do ano no seu país a uma quarentena obrigatória de dez dias no regresso. A partir deste sábado, os portugueses que cheguem à Suíça já não terão de fazer quarentena.

O anúncio foi feito na tarde desta sexta-feira pela Embaixada da Suíça em Lisboa. "A partir de 19 de dezembro, as pessoas que entram na Suíça provenientes de Portugal não devem ser colocadas em quarentena", pode ler-se num comunicado da representação diplomática helvética em Portugal.

A decisão da Suíça de incluir Portugal na lista de países de elevado risco de infeção pelo novo coronavírus, anunciada no dia 4, deixou a comunidade portuguesa indignada, porque obrigaria os emigrantes que passassem o Natal e o fim do ano no seu país a uma quarentena obrigatória de dez dias no regresso.

A situação chegou mesmo a provocar o cancelamento de viagens que tinham sido marcadas para a época festiva e começou a circular uma petição para a retirada de Portugal daquela lista, que contou com mais de 11 mil assinaturas.

A medida entrou em vigor na segunda-feira, mas a Embaixada da Suíça em Lisboa anunciou agora que Portugal foi retirado da lista dos países de risco e os emigrantes que cheguem à Suíça a partir deste sábado já não terão de fazer quarentena.

PUB

"Graças ao esforço de todos os portugueses, pela primeira vez, a Suíça atualiza uma lista em menos de uma semana", referiu Samuel Soares, na página "Emigrar para a Suíça", na rede social Facebook, que administra.

Além de administrador da página na plataforma digital, Samuel Soares lançou no início deste mês a petição 'online', que recolheu mais de 13 mil assinaturas, que procurava travar a quarentena obrigatória para todos quantos regressassem à Suíça de Portugal.

A nova lista de quarentena, atualizada esta sexta-feira pelo Gabinete Federal Suíço de Saúde Pública (OFSP), entra em vigor no sábado, e Portugal e Polónia, assim como quatro estados austríacos, saíram da lista, o que significa que qualquer pessoa que regresse de férias ou que viaje para Portugal, no período festivo, já não terá de entrar em quarentena no regresso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG