O Jogo ao Vivo

Alemanha

Trabalhadoras portuguesas debatem desigualdades de género na Alemanha

Trabalhadoras portuguesas debatem desigualdades de género na Alemanha

A Associação de Pós-Graduados Portugueses na Alemanha (ASPPA) vai realizar, este sábado, o primeiro encontro anual de portuguesas profissionais no país para identificar preconceitos no contexto laboral e apontar possíveis soluções.

A ideia, revela Sofia Figueiredo, cientista e presidente da ASPPA, surgiu precisamente no contexto de trabalho, quando sentiu que existem "preconceitos que convém identificar e combater" e a necessidade de "criar soluções para que não aconteçam", visto que apenas uma percentagem residual de mulheres chega a cargos de liderança e ao topo da carreira.

Sofia Figueiredo reconhece: "Na Alemanha, a maior parte das mulheres, mesmo depois de estarem formadas, com doutoramentos ou pós-doutoramentos, e de terem uma carreira estabelecida, quando têm filhos acabam por ficar em casa numa situação de dependência financeira que não lhes permite singrar no mundo profissional outra vez".

Leia mais em Bom Dia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG