Venezuela

Venezuela: lusodescendente preso por acusações de violência sexual

Venezuela: lusodescendente preso por acusações de violência sexual

Um comerciante lusodescendente de 23 anos foi detido pelas autoridades venezuelanas que o acusam de violência sexual, agredir fisicamente e tentar assassinar a ex-namorada, que se encontra hospitalizada nos cuidados intensivos.

As agressões ocorreram no sábado, na localidade de El Junquito, no sul de Caracas.O lusodescendente foi detido por funcionários da Divisão de Investigações de Delitos Contra A Mulher, Meninos, Meninas e Adolescentes, do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (CICPC, antiga Polícia Técnica Judiciária).

Segundo o CICPC, "após uma discussão, o agressor, valendo-se da sua força e de uma arma branca agrediu" a vítima, fisicamente, "causando-lhe hematomas, escoriações e feridas em diferentes partes do corpo com a finalidade de lhe tirar a vida".

Leia mais em Bom Dia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG