Violência

Jornalista morto a tiro no México

Jornalista morto a tiro no México

O jornalista Manuel Gonzalez Reyes, diretor dos media digitais "Portal Morelos", foi morto a tiro na cidade de Cuernavaca, capital do estado de Morelos, no centro do México.

Numa declaração, o gabinete do procurador-geral do estado de Morelos disse que na tarde de terça-feira (noite em Portugal continental), uma pessoa tinha sido alvejada no bairro Miraval, em Cuernavaca.

Agentes da Comissão de Segurança Pública do Estado e paramédicos da Cruz Vermelha foram ao local e confirmaram a morte do homem.

PUB

Entre os seus pertences encontraram um documento que o identificava como trabalhador do "Portal Morelos".

"De momento não há informação disponível sobre o número de pessoas envolvidas no ataque", sendo que há a indicação de que "pelo menos uma pessoa disparou uma arma de fogo à queima-roupa e fugiu imediatamente, aparentemente em direção ao bairro Patios de la Estación", disse a Procuradoria.

O México é um dos países mais violentos do mundo para os jornalistas e todos os anos ocorrem numerosos assassínios, ataques e intimidações contra a imprensa por parte do crime organizado e das autoridades.

Um total de 142 jornalistas foram assassinados desde 2000, em possível ligação com o seu trabalho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG