Mundo

Jovem de 17 anos mata mulher para roubar 300 euros em Espanha

Jovem de 17 anos mata mulher para roubar 300 euros em Espanha

Um jovem de 17 anos confessou o assassinato de uma mulher de 39. Depois, levantou 300 euros do cartão de crédito da vítima, mas de acordo com os vizinhos, não teria "necessidades financeiras".

Ander E. confessou o crime, dizendo que estava arrependido, cinco meses depois de o cometer e quando estava a apenas um dia de atingir a maioridade.

De acordo com o "El Pais", Amaia Azkue, com 39 anos, mãe de dois filhos, terá oferecido boleia ao jovem, que durante a viagem a terá ameaçado e roubado vários cartões de crédito.

O jovem terá assassinato a mulher com uma pancada na cabeça e depois deixou o corpo, com os pés e as mãos amarradas, no reservatório de Ibai-Eder, em Azpeitia, Espanha.

Depois de largar o corpo, o jovem dirigiu-se a uma caixa multibanco e levantou 300 euros. A polícia acredita que Ander E. terá tentado usar o cartão de crédito novamente, mas este já estaria desactivado.

Vários vizinhos do rapaz afirmaram, em declarações ao "El Pais", que ele não tinha "necessidades financeiras" para cometer o crime, já que vem de uma "família de dinheiro".

De acordo com os vizinhos, o jovem já teria tido, antes deste crime, "problemas" com um roubo numa loja de bicicletas.

As autoridades já estariam a investigar o jovem há vários meses, uma vez que acreditavam que estaria relacionado com o caso. Pouco depois da confissão, a polícia foi a casa de Ander E. onde encontrou novas evidências, que justificam a sua detenção.

A investigação segue agora com a comparação dos testes de ADN do jovem de 17 anos.

Outros Artigos Recomendados