O Jogo ao Vivo

Rio de Janeiro

Jovem brasileira de 17 anos queria ser médica e morreu com Covid-19

Jovem brasileira de 17 anos queria ser médica e morreu com Covid-19

Kamilly Ribeiro é a vítima da Covid-19 mais jovem do Rio de Janeiro, Brasil. A adolescente de 17 anos esteve internada durante 20 dias no Hospital Moacyr do Carmo, em Caxias, mas não resistiu ao novo coronavírus. Sonhava ser médica.

A jovem de 17 anos, residente em Duque de Caxias, fez o teste no final de março e, de acordo com o jornal brasileiro "Globo", o resultado demorou nove dias a chegar. Confirmou o pior: Kamilly estava infetada pelo coronavírus, assim como a mãe.

Saudável, sem complicações de saúde ou doenças conhecidas, a adolescente passou 20 dias nos Cuidados Intensivos do Hospital Moacyr do Carmo e acabou por morrer da Covid-19. A mãe, que também ficou internada, já recuperou e teve alta.

Nas redes sociais, amigos e familiares prestaram homenagem a Kamilly e lembraram o sonho de ser médica. Após ter sido diagnosticada, a jovem tinha apelado a todos para cumprirem o isolamento social.

O estado brasileiro do Rio de Janeiro é o segundo mais atingido pela Covid-19, depois de São Paulo. O Brasil soma mais de 29 mil casos de infeção e ultrapassa as 1700 vítimas mortais.

Outras Notícias