Abono

Jovens espanhóis vão receber 250 euros por mês para sair da casa dos pais

Jovens espanhóis vão receber 250 euros por mês para sair da casa dos pais

O chefe do Governo espanhol, Pedro Sánchez, anunciou a criação de um abono mensal de 250 euros para jovens entre 18 e 35 anos e com rendimentos inferiores a 23 725 euros anuais para facilitar a saída de casa dos pais e a sua emancipação.

O anúncio foi feito durante a cerimónia de abertura do I Fórum Urbano de Espanha. De acordo com a agência EFE, o abono estará em vigor durante os próximos dois anos e, no caso das famílias mais vulneráveis, poderá ser complementado com ajudas de aluguer de até 40% do valor.

O presidente do Governo espanhol defende que a recuperação económica justa implica a facilitação do acesso à habitação e que a idade da emancipação do país deve atingir a média europeia, que é de 26 anos.

"Vamos estabelecer uma política pública para reduzir a idade de emancipação tão insuportavelmente alta no nosso país para que os jovens possam ter acesso a habitações dignas de aluguer com o apoio e ajuda da Administração Geral do Estado", frisou Sánchez.

Segundo o jornal espanhol "La Vanguardia", 6820 milhões de euros serão atribuídos ao plano de recuperação de programas de reabilitação habitacional e regeneração urbana. O Governo quer realizar mais de meio milhão de ações de reabilitação nos próximos anos, o que equivale a 40 mil edifícios residenciais nos próximos seis anos.

Abono cultural de 400 euros

Os subsídios para a habitação não foram os únicos anunciados esta quarta-feira. De acordo com o "El Mundo", o Governo espanhol também revelou que todos os jovens vão receber um abono cultural de 400 euros quando atingirem a maioridade.

PUB

"Vamos dar-lhes 400 euros para a compra de livros, o consumo de qualquer tipo de atividade artística ou cénica", garantiu o presidente do Governo. "Devemos apoiar um setor muito importante para o nosso país, como o químico ou o naval, todas as profissões ligadas ao cinema são importantes. Nos orçamentos, haverá um bónus cultural para os jovens".

Segundo o Instituto Nacional de Estatística, 470 699 espanhóis completaram 18 anos em 2020. Assim, o subsídio cultural terá um custo total de 235 milhões de euros para o Estado. No último Orçamento Geral do Estado, o investimento total na cultura e no desporto foi de 1148 milhões de euros.

O abono cultural é semelhante ao cheque de 300 euros que França lançou na primavera deste ano para 800 mil cidadãos de 18 anos no âmbito do seu programa de medidas de reativação económica. Adolescentes franceses entre os 14 e os 18 anos também recebem 25 euros por ano para poderem usufruir da cultura. Em Itália, existem medidas semelhantes para promover o consumo cultural.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG