Bélgica

Justiça belga acusa segundo detido de participação em atividades terroristas

Justiça belga acusa segundo detido de participação em atividades terroristas

A justiça belga acusou o segundo detido em Bruxelas no âmbito da investigação sobre a tentativa frustrada de atentado, na quinta-feira em França, por participação em atividades terroristas.

Abderamane A. foi detido na sexta-feira e a sua detenção foi prolongada até sábado, tendo sido acusado de "participação em atividades de um grupo terrorista", anunciou, este domingo, o Ministério Público belga.

No sábado, o Ministério Público já tinha anunciado a acusação, na Bélgica, de um outro homem, Rabah N., no âmbito desta investigação franco-belga, um caso que as autoridades acreditam ser distinto dos atentados de Bruxelas.

Abderamane A. foi ferido na perna quando foi detido, perto de uma estação de elétrico no centro da capital belga.

França diz ter impedido uma tentativa de atentado "em estado avançado" quando deteve, na quinta-feira, o francês Reda Kriket, um homem de 34 anos.

Kriket foi condenado no ano passado na Bélgica, juntamente com Abdelhamid Abaaoud, o suposto líder dos ataques a Paris em novembro do ano passado.