Desporto

Justiça suspende campanha de Bolsonaro que desvaloriza pandemia

Justiça suspende campanha de Bolsonaro que desvaloriza pandemia

A Justiça brasileira proibiu, este sábado, a divulgação de peças relativas à campanha "O Brasil não pode parar".

Um projeto defendido pelo presidente Jair Bolsonaro que apelava aos brasileiros para continuarem as suas atividades diárias e ignorarem os avisos da OMS e as quarentenas decretadas por alguns estados.

A decisão da juíza Laura Carvalho, do Tribunal Federal do Rio de Janeiro, estipulou uma multa de 17.866 euros - 100 mil reais - por cada vez que o vídeo torne a ser exibido nas televisões ou quaisquer plataformas comunicacionais. A decisão surge na sequência de um pedido do Ministério Publico Federal assinado por 12 procuradores.
A sentença judicial inibe ainda o governo federal a adotar "qualquer outra (campanha) que sugira à população brasileira comportamentos que não estejam estritamente embasados em diretrizes técnicas, emitidas pelo Ministério da Saúde, com fundamento em documentos públicos, de entidades científicas de notório reconhecimento no campo da epidemiologia e da saúde pública".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG