Kim Jong-un

Kim Jong-un dá início a manobras de inverno do exército

Kim Jong-un dá início a manobras de inverno do exército

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, ordenou o início das manobras militares de inverno do exército, as quais vão incluir exercícios de simulação de uma guerra real.

Vestido com um casaco comprido para se proteger das baixas temperaturas, o líder da Coreia do Norte deslocou-se, na segunda-feira, a um regimento de artilharia para declarar o início dos "treinos de combate e política do ano novo", segundo a agência de notícias norte-coreana KCNA.

O órgão estatal referia-se assim às manobras que o Exército Popular, um dos mais numerosos do mundo, com mais de um milhão de efetivos, pretende realizar entre dezembro e março.

As manobras de inverno são iniciadas num momento de relativa tensão, pouco depois de a vizinha Coreia do Sul ter realizado o seu próprio exercício militar, o Hoguk, que durou 12 dias até ao final de novembro e no qual foram mobilizados 330 mil soldados.

A Coreia do Norte criticou duramente as manobras do exército sul-coreano, que incluiu simulacros com fogo real perto da fronteira marítima, considerando-os uma "provocação".

A Coreia do Norte continua tecnicamente em guerra com a Coreia do Sul desde a Guerra da Coreia (1950-53), que terminou com um armistício nunca substituído por um tratado de paz definitivo.

A tensão também cresceu nas últimas semanas devido às ameaças nucleares de Pyongyang contra uma resolução adotada pela Assembleia Geral da ONU que pretende levar ao Tribunal Penal Internacional (TPI) os "crimes contra a humanidade" do regime dos Kim.

Outras Notícias