O Jogo ao Vivo

Coreias

Kim Jong-Un suspende planos militares contra a Coreia do Sul

Kim Jong-Un suspende planos militares contra a Coreia do Sul

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, suspendeu os planos militares para uma retaliação não especificada contra a Coreia do Sul, anunciou a televisão estatal.

Após ter declarado que as relações entre os dois países estavam totalmente cortadas, Pyongyang ameaçou na semana passada desencadear ações militares.

Segundo a Agência Central de Notícias da Coreia do Norte, Kim Jong-un presidiu na terça-feira a uma reunião da Comissão Militar Central do Partido dos Trabalhadores, anunciando a suspensão dos planos apresentados por comandantes militares.

As duas Coreias entraram em guerra há 70 anos sem nunca terem conseguido assinar um acordo de paz.

A 25 de junho de 1950, a Coreia do Norte, apoiada pela União Soviética e pela China, invadiu a Coreia do Sul, que resistiu, apoiada pelos Estados Unidos, em pleno espírito de Guerra Fria.

O conflito armado aberto durou até 27 de julho de 1953, quando foi assinado um armistício, que criou uma zona desmilitarizada e permitiu trocas de prisioneiros. Mas, 70 anos depois, as duas Coreias continuam tecnicamente em guerra, mantendo declarações provocatórias mútuas e ações violentas que não ocultam a animosidade entre os dois países ideologicamente distintos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG