Sinaloa

"Kim Kardashian do crime organizado" encontrada morta no México

"Kim Kardashian do crime organizado" encontrada morta no México

Claudia Ochoa Felix, mexicana de 35 anos, saltou para as bocas do mundo através das redes sociais e por fazer parte do cartel do narcotraficante El Chapo. Foi encontrada sem vida numa casa na cidade de Culiacan.

O crime organizado e a exuberância andaram de mãos dadas durante grande parte da vida de Claudia Ochoa Felix. Ou pelo menos, durante o tempo em que as suas publicações nas redes sociais se tornaram mediáticas em quase todo o mundo.

Conhecida como "Kim Kardashian do crime organizado", Claudia exibia armas de cor rosa, malas de designers e até um tigre como animal de estimação. Fez parte do cartel Sinaloa, liderado pelo narcotraficante mexicano El Chapo, tendo também participado em ações armadas do mesmo grupo.

Em 2014, estas informações vinham a público em alguns jornais do México e Claudia Ochoa Felix decidiu reagir no Twitter. A mexicana acusou a comunicação social de "mentiras covardes" a seu respeito.

As causas da morte ainda não foram apuradas, mas as versões circulam em vários meios. Overdose e problemas pulmonares são algumas das hipóteses em cima da mesa. Claudia foi encontrada, segundo o promotor Juan Jose Rios Estavillo, com vestígios de álcool e "outras substâncias".

Na noite em que morreu, a mexicana esteve durante algumas horas numa discoteca com um homem. Regressaram a casa na cidade de Culiacan e quando o homem a tentou acordar de manhã, Claudia não respondeu.

A mexicana tinha três filhos do casamento com um traficante de droga, "El Chavo Felix".