acidente aéreo

Lágrimas e ansiedade no aeroporto de Juanda

Lágrimas e ansiedade no aeroporto de Juanda

Mais de cem familiares e amigos dos passageiros do voo QZ8501, que desapareceu este domingo, aguardam por informações no aeroporto internacional de Juanda, em Surabaia, num ambiente envolvo em ansiedade e lágrimas, relatou uma fonte no local.

Segundo um dos funcionários do aeroporto internacional da segunda maior cidade indonésia, que não quis ser identificado, "mais de 100 pessoas" encontram-se no aeroporto à espera de "explicações oficiais da companhia" AirAsia.

Numa curta conversa telefónica com a agência Lusa, a mesma fonte contou que, entre o grupo, há também "algumas crianças" e veem-se "muitas mulheres a chorar". As autoridades aeroportuárias de Surabaia, no leste da ilha de Java, determinaram que as famílias vão ficar num hotel perto do aeroporto até que "tenham alguma boa notícia", acrescentou a mesma fonte, enquanto repetia que todos os trabalhadores do aeroporto estão demasiado ocupados devido à situação de crise gerada pelo desaparecimento do avião.

O Airbus 320-200 da Air Asia transportava 155 passageiros - 138 adultos, 16 crianças e um bebé - e sete membros da tripulação, incluindo dois pilotos e um mecânico, informou a empresa em comunicado.

Outros Artigos Recomendados