Moscovo

Lavrov e Tillerson querem clarificar posições sobre a Síria

Lavrov e Tillerson querem clarificar posições sobre a Síria

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, expressaram o desejo de clarificar as respetivas posições em assuntos chave como o conflito sírio.

"Não nos ponham na falsa escolha de estar convosco ou contra vós", disse Lavrov ao homólogo norte-americano no início do encontro.

Tillerson, por seu lado, disse esperar que na reunião se possam "clarificar" as posições de cada um, "determinar as diferenças e por que motivo existem", assim como procurar "a forma de reduzi-las".

No mesmo sentido, Lavrov disse que para a Rússia "é muito importante entender a postura dos EUA e as verdadeiras intenções da administração" do presidente norte-americano, Donald Trump.

"Não vou ocultá-lo, surgiram-nos muitas perguntas tendo em conta as ideias, às vezes contraditórias, que foram ditas em Washington em relação a todo o âmbito das relações bilaterais e multilaterais", sublinhou.

O chefe da diplomacia russa qualificou de "ilegal" o recente ataque dos EUA contra uma base aérea síria e assegurou que para Moscovo "é primordial não permitir a repetição de ações similares no futuro".

"Cremos que a sua visita é bastante oportuna e dá-nos a possibilidade de clarificar, com sinceridade e honestidade, as perspetivas de cooperação em todas estas questões, sobretudo no que se refere à criação de uma ampla frente antiterrorista", afirmou.

Tillerson concordou e manifestou esperança de que o "encontro sirva para impulsionar um diálogo aberto e sincero" para que os dois países possam desenvolver as suas relações "numa direção positiva".