Concurso

Líder da Coreia do Norte faz concurso para casar a irmã

Líder da Coreia do Norte faz concurso para casar a irmã

Kim Jong-un quer casar a irmã mais nova e para lhe arranjar um marido lançou um concurso.

Ao estilo dos concursos televisivos em que um solteiro escolhe uma parceira entre várias candidatas com diferentes perfis, o líder da Coreia do Norte também quer arranjar um marido para a irmã, de 29 anos.

Kim Yo-jong está solteira e é a mulher mais poderosa do país, depois de ter sido eleita recentemente para o Comité Central durante o VII Congresso do Partido dos Trabalhadores, o primeiro realizado em 36 anos.

Já em 2012 o regime tentou encontrar um parceiro para Kim Yo-jong e o processo será agora retomado. Entre os requisitos exigidos, os candidatos devem ser licenciados ou estudantes da universidade de Pyongyang, ter 1,78 metros de altura, boa aparência e terem servido no exército.

O concurso foi revelado por um desertor que conseguiu fugir para a Coreia do Sul e classificou Kim Yo-jong como uma mulher muito ativa com padrões muitos exigentes.

"Os alunos da universidade Kim Il Sung têm de se afastar para Yo-jong passar no corredor e ninguém está autorizado a partilhar com ela o elevador, exceto as suas colegas", disse, citado na imprensa internacional.

Kim Jong-un "escolheu 30 licenciados e estudantes que serviram no exército. São todos membros do Partido dos Trabalhadores, com boa aparência e mais de 1,75 metros de altura", acrescentou.

Há informações que indicam que Kim Yo-jong foi casada com o filho de um chefe do exército mas o desertor explicou que ele morreu num acidente de viação em janeiro de 2013.