Coreia do Norte

Líder norte-coreano homenageou pai dois anos depois da sua morte

Líder norte-coreano homenageou pai dois anos depois da sua morte

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, participou, esta terça-feira, numa cerimónia de homenagem ao pai e antigo líder Kim Jong-il quando se assinalam dois anos da sua morte.

Imagens transmitidas em direto pela televisão estatal norte-coreana mostraram Kim Jong-un a entrar num auditório em Pyongyang repleto de oficiais do Exército, do partido e do Governo de Pyongyang.

Esta cerimónia ocorre dias depois da execução do tio de Kim Jong-un e seu ex-mentor político Jang Song-thaek, o que levantou dúvidas sobre a atual estabilidade do regime norte-coreano.

A homenagem a Kim Jong-il iniciou-se com um discurso de Kim Yong-nam, presidente da Assembleia Nacional e número dois do regime.

"Passaram-se dois anos desde que o grande líder Kim Jong-il, admirado por todo o nosso povo e soldados, nos deixou tão subitamente", disse Kim Yong-nam.