O Jogo ao Vivo

Mundo

Lóbi norte-americano das armas quer polícias armados em todas as escolas

Lóbi norte-americano das armas quer polícias armados em todas as escolas

A Associação de Armeiros dos EUA sugeriu a colocação de polícias armados em todas as escolas norte-americanas para evitar atentados como os de Newtown, onde um jovem matou 26 pessoas a tiro, entre estas 20 crianças de seis e sete anos.

A sugestão da Associação de Armeiros dos EUA (NRA, na sigla original) surge na ressaca do massacre de Newtown, com milhões de norte-americanos a fazerem vigílias e homenagens às vítimas de Adam Lanza, na escola Sandy Hook, em Newtown.

"A única coisa que pára um mau com uma arma é um bom com uma arma", sustentou Wayne LaPierre, vice-presidente executivo da NRA.

Segundo a associação, a tentativa de tirar as armas do espaço escolar foi ineficaz e tornou as escolas mais vulneráveis do que os aeroportos, os bancos e outros edifícios públicos vigiados por guardas armados.

Este domingo, LaPierre anunciou que a NRA ia pressionar o Congresso para que pagasse por mais guardas de segurança nas escolas, e para que coordenasse a colocação de ex-militares e polícias que se ofereçam para guardas voluntários nas escolas.

"Se é loucura chamar a polícia e colocar segurança armada nas nossas escolas para proteger os nossos filhos, então chamem-me louco", declarou LaPierre , numa entrevista televisiva à NBC, esta sexta-feira.

"É a única coisa que iria manter as pessoas seguras", referiu LaPierre, que se recusa a apoiar qualquer legislação para um novo controlo de armas ou munições, argumentando que quaisquer novos esforços do Congresso para regulamentar as armas e munições não impedirá fuzilamentos em massa.

PUB

Na sexta-feira, quando LaPierre fazia o seu discurso, em conferência de imprensa, vários manifestantes perturbaram a comunicação do poderoso lóbi norte-americano das armas NRA, designadamente mostrando uma faixa com a frase: "a NRA mata as nossas crianças".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG