França

Lula da Silva vai receber prémio de "coragem política" em Paris

Lula da Silva vai receber prémio de "coragem política" em Paris

O ex-presidente brasileiro Lula da Silva receberá, este mês, o prémio de "coragem política" em Paris pela revista Politique Internationale, que afirma premiar o trabalho realizado durante os seus dois mandatos, entre 2003 e 2011.

A revista francesa dedicada a questões internacionais revelou hoje que o trabalho do antigo presidente foi marcado "pela vontade de promover a igualdade racial e social no seu país", e observou que enquanto esteve em funções 30 milhões de brasileiros foram retirados da pobreza.

A revista reconheceu a "tenacidade exemplar de Lula face à perseguição política e judicial", e afirmou que este esforço foi recompensado pela decisão do Supremo Tribunal Federal de anular as suas condenações por corrupção.

A publicação acrescentou que também o recompensou "pela esperança que encarna uma vez mais para uma grande maioria dos seus compatriotas, desapontados com a presidência de Bolsonaro".

Lula da Silva, de 76 anos, vai receber o prémio em Paris em 17 de novembro "na presença de numerosas personalidades", que não foram reveladas.

Será a quarta pessoa a receber o prémio nos mais de 40 anos de existência da revista.

Os vencedores anteriores foram o Presidente egípcio Anwar al Sadat (Prémio Nobel da Paz em 1978), o Presidente sul-africano Frederik Willem de Klerk (Prémio Nobel da Paz em 1993) e o Papa João Paulo II.

PUB

As recentes sondagens de opinião colocam Lula da Silva como o favorito para as eleições presidenciais de outubro de 2022, à frente da recandidatura do atual Presidente, Jair Bolsonaro.

Após os tribunais terem anulado as condenações de Lula da Silva e este ter recuperado os seus direitos políticos, o ex-presidente declarou, em 20 de outubro, que entre fevereiro e março de 2022 iria anunciar se iria concorrer à presidência do Brasil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG