Brasil

Transferência de Lula para a "prisão dos famosos" foi suspensa

Transferência de Lula para a "prisão dos famosos" foi suspensa

O Supremo Tribunal Federal do Brasil suspendeu a transferência do ex-presidente Lula da Silva, que está a cumprir oito anos e 10 meses de prisão em Curitiba, para um estabelecimento prisional no Estado de São Paulo.

Na deliberação, aprovada por 10 votos a favor e um contra, o Supremo atendeu a um pedido da defesa do antigo chefe de Estado brasileiro e deliberou suspender a transferência até que seja julgado um pedido de liberdade provisória ("habeas corpus") que está pendente.

Esta decisão surge pouco depois de ser divulgado que o juiz Paulo Eduardo de Almeida Sorci tinha determinado a transferência de Lula da Silva para a prisão de Tremembé, no interior de São Paulo.

Segundo a decisão, a que a Lusa teve acesso, o coordenador e corregedor do Departamento Estadual de Execuções Criminais de São Paulo autorizou a transferência do antigo chefe de Estado para a penitenciária II de Tremembé, Vale do Paraíba, no interior do estado paulista.

No despacho, o juiz aborda a decisão da juíza Carolina Lebbos, que atendeu um pedido da Polícia Federal do Paraná para a transferência do membro do Partido dos Trabalhadores (PT).

A prisão de Tremembé é apelidada no Brasil de "presídio dos famosos", sendo o local onde cumprem pena vários autores de crimes mediáticos no país.

A pena aplicada contra o antigo chefe de Estado brasileiro diz respeito a um caso julgado em três instâncias da justiça brasileira num processo da operação Lava Jato sobre a posse de um apartamento de luxo na cidade do Guarujá, alegadamente dado ao ex-presidente como pagamento de suborno pela construtora OAS.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG