O Jogo ao Vivo

EUA

Mãe luta com as próprias mãos para salvar filho de ataque de puma

Mãe luta com as próprias mãos para salvar filho de ataque de puma

Um ataque de um puma a uma criança de cinco anos, em Los Angeles, nos Estados Unidos da América, levou a mãe do menino a lutar contra o animal, que acabou morto pelas autoridades de vida selvagem.

De acordo com o porta-voz do departamento de vida selvagem do estado da Califórnia, Patrick Foy, a criança estava a brincar perto de uma árvore na sua casa, em Calabasas, a oeste de Los Angeles, quando o animal a atacou. A mãe apercebeu-se e "começou a soquear e golpear o puma com as próprias mãos e conseguiu tirar o animal de cima do filho".

Patrick Foy acrescentou que a criança teve ferimentos na cabeça e no peito, sendo posteriormente encaminhado para o hospital pediátrico de Los Angeles, encontrando-se estável.

PUB

As autoridades foram chamadas ao local e, face à agressividade do animal, foi necessário abatê-lo.

"A Wildlife Forensics Scientists analisou as amostras recolhidas debaixo das garras do animal, tendo encontrado traços isolados de tecido humano e sangue com um perfil de ADN que combinava com o menino de cinco anos. Os resultados foram conclusivos de que o puma, que foi baleado, atacou a criança", revelou em comunicado o departamento de vida selvagem da Califórnia.

Os especialistas de vida selvagem contaram à emissora norte-americana "CBS News" que, dado o tamanho do puma, tratava-se de um animal nascido há menos de um ano e que o ataque pode ter acontecido porque o animal ainda estava a aprender a caçar para comer e a defender-se sozinho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG