Mundo

Mais 45 civis mortos num novo ataque em Hama

Mais 45 civis mortos num novo ataque em Hama

Pelo menos 45 civis foram mortos em Hama, na quarta-feira durante o avanço de tanques das forças de segurança sírias, que ocuparam o centro daquela cidade, afirmou à agência Reuters um activista identificado como Thaer.

"Todas as comunicações foram cortadas. O regime está a concentrar todos os órgãos de comunicação no julgamento de Hosni Mubarak enquanto destroem Hama", disse à agência Reuters um dos moradores que estava na cidade, por telefone via satélite.

De acordo com a mesma fonte, 40 pessoas morreram no distrito de Al Hader - a norte do rio Orodes - e cinco elementos de duas famílias foram mortos quando tentavam sair da cidade, pela estrada Al Dhahirya.

Activistas dos direitos humanos asseguram que desde o início da ofensiva de domingo, que coincidiu com o mês sagrado do Ramadão, já morreram mais de 90 pessoas na cidade situada no oeste da Síria e a quarta maior do país, com cerca de 700 mil habitantes.