O Jogo ao Vivo

Migrações

Mais de 1300 migrantes chegam às costas italianas

Mais de 1300 migrantes chegam às costas italianas

Cerca de mil migrantes chegaram nas últimas 48 horas à ilha italiana de Lampedusa, a mais próxima da costa norte de África, enquanto continua o desembarque na Sicília de outras 306 pessoas resgatadas no Mediterrâneo.

O Mediterranean Hope, programa de refugiados e migrantes da Federação de Igrejas Evangélicas de Itália, indicou haver cerca de 1500 pessoas no centro de receção de Lampedusa, que tem capacidade para apenas 350.

"Pedimos uma receção decente, transferências rápidas e vias de acesso legais", declarou a Mediterranean Hope.

O porta-voz da Organização Internacional para as Migrações (OIM) em Itália, Flavio di Giacomo, explicou, na rede social Twitter, que embora "os desembarques continuem limitados, mais de 12 mil pessoas chegaram a Lampedusa".

Segundo Di Giacomo, foi verificada "a situação no terreno com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), centrada em particular na identificação correta e oportuna de vulnerabilidades".

Por outro lado, continua esta quinta-feira o desembarque no porto de Pozzallo, na Sicília, dos 306 migrantes resgatados pelo navio humanitário Ocean Viking - da organização não-governamental (ONG) SOS Méditerranée -, que atracou na quarta-feira, após doze dias de espera desde a sua primeira operação nesta nova missão no Mediterrâneo central.

"(Os migrantes) têm de ser desembarcados agora, sem demora", afirmou a ONG nas suas redes sociais, após o oitavo resgate nos últimos dez dias.

PUB

Segundo os últimos dados do Ministério do Interior de Itália, de 6 de julho, 29.852 migrantes chegaram este ano às costas italianas, enquanto no mesmo período do ano passado tinham sido 21.840.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG