Líbia

Mais de 230 migrantes morreram em dois naufrágios

Mais de 230 migrantes morreram em dois naufrágios

Pelo menos 239 migrantes morreram, esta quinta-feira, em dois naufrágios no Mediterrâneo, ao largo da Líbia, informaram responsáveis de serviços de migrações.

Num primeiro naufrágio, ao largo da Líbia, de uma embarcação que transportava cerca de 140 pessoas, há pelo menos 110 mortos, disse à agência France-Presse uma porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), Carlotta Sami, citando testemunhos de sobreviventes.

"Apenas 29 pessoas sobreviveram", disse a responsável referindo-se aos migrantes resgatados e transportados para a ilha italiana de Lampedusa.

O outro naufrágio, noticiado pela BBC, ocorreu igualmente ao largo da Líbia e terá causado a morte de 129 pessoas.

Desde o início de 2016, mais de 4200 migrantes e refugiados morreram ao tentar chegar à Europa atravessando o Mediterrâneo, segundo a Organização Internacional das Migrações (OIM).

Números do ACNUR divulgados na semana passada indicavam que pelo menos 3800 pessoas morreram ao tentar atravessar o Mediterrâneo em 2016, um número mais alto alguma vez registado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG