Pandemia

Mais de três mil mortos em 24 horas. EUA chegam às 50 mil vítimas de Covid-19

Mais de três mil mortos em 24 horas. EUA chegam às 50 mil vítimas de Covid-19

Os Estados Unidos registaram 3.176 mortos nas últimas 24 horas devido à pandemia da covid-19, um dos piores registos diários no país, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

No total, 50 mil pessoas morreram nos Estados Unidos. O número de infetados subiu para mais de 860 mil, depois de terem sido identificados 26971 novos casos.

O último balanço diário realizado na noite de quinta-feira (madrugada de sexta-feira em Lisboa) é o terceira mais mortal registada num país desde o início da pandemia.

No final da semana passada, os Estados Unidos registaram os dois piores balanços diários: mais de 3800 e de 4500 mortos num só dia. Uma situação que foi justificada em parte devido à adição de mortes "provavelmente ligadas" à covid-19 e que anteriormente não tinham sido levadas em consideração.

Apesar desta contabilidade, vários estados norte-americanos, como Texas, Vermont e Geórgia, decidiram aliviar as restrições e autorizaram certas empresas a reabrir portas.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou cerca de 190 mil mortos e infetou mais de 2,6 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 708 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PUB

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram entretanto a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos, como Dinamarca, Áustria, Espanha ou Alemanha, a aliviar algumas das medidas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG