Protestos

Manifestantes turcos recorrem a publicidade para espalhar mensagem

Manifestantes turcos recorrem a publicidade para espalhar mensagem

Os manifestantes turcos deixaram de se cingir à luta nas ruas. Alguns cidadãos turcos, a residir em Nova Iorque, decidiram mostrar apoio aos protestantes, angariando dinheiro para publicar um anúncio publicitário no jornal The New York Times. O principal objetivo passa por espalhar a mensagem de uma forma mais segura do que nas redes sociais.

Depois da detenção de mais de 20 pessoas por terem comentado as manifestações no Twitter, o "crowfunding", que consiste na angariação de fundos através de iniciativas coletivas, foi a forma mais segura que alguns turcos encontraram para divulgar a mensagem ao maior número de pessoas.

Murat Aktihanoglu, um dos organizadores do "crowdfunding", disse à CNN que, ao ver os protestos na Turquia, sentiu necessidade de "fazer qualquer coisa" para ajudar. "Nós somos apenas cidadãos. Não somos ativistas nem políticos", então, "pensamos que a melhor coisa a fazer era aumentar a visibilidade e a atenção dada à situação na Turquia".

Em apenas alguns dias, a iniciativa no "site" Indiegogo já angariou mais de 93 mil dólares (aproximadamente 71 mil euros). Os donativos chegaram de todos os cantos do mundo e excederam os 52 mil dólares (40 mil euros) necessários para um anúncio de uma página do jornal.

Os organizadores querem, assim, decidir o que é possível fazer com a quantia em excesso. Até agora, muitas pessoas mostraram interesse em realizar um documentário sobre as manifestações.

O anúncio é o resultado do apoio de milhares de pessoas e denuncia a violência policial dos últimos dias. É esperado que saia no final desta semana no The New York Times.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG