manifestantes

Manifestantes vão prolongar acampamento em Sevilha até dia 19

Manifestantes vão prolongar acampamento em Sevilha até dia 19

Os manifestantes acampados há mais de duas semanas no centro de Sevilha, no âmbito dos protestos do movimento 15 de Maio, que decorrem por toda a Espanha, deliberaram este domingo permanecer no local até pelo menos 19 de Junho.

O fim do protesto na Praça da Encarnação visa coincidir com a data em que estão previstas manifestações em toda a Espanha, numa jornada nacional que está a ser apoiada por mais de meia centena de acampamentos de protesto.

Os organizadores querem que seja uma "manifestação massiva" que termine às portas do Congresso de Deputados em Madrid.

Em paralelo, no dia 16 de Junho sairão marchas de manifestantes de sete cidades espanholas que percorrerão o país numa viagem até Madrid, onde haverá uma nova grande concentração a 16 de Julho.

Entretanto, em Madrid, os representantes do movimento 15 de Maio confirmaram também que haverá acções de protesto no próximo dia 11 de Junho, para coincidir com as cerimónias de tomada de posse dos novos líderes autárquicos eleitos no passado dia 22 de Maio.

Na noite deste domingo, na Puerta del Sol, antecipa-se uma nova assembleia-geral tensa, com a agenda do debate a ser dominada pela decisão sobre o que fazer com o acampamento que permanece no local desde 15 de Maio.

Outros Artigos Recomendados