EUA

Abatido pela polícia a tentar matar menina após quadruplo homicídio

Abatido pela polícia a tentar matar menina após quadruplo homicídio

Um homem que, no sábado, matou quatro pessoas dentro de casa, incluindo uma menina com nove meses, no estado do Oregon, EUA, foi abatido pelas autoridades, quando se preparava para fazer a quinta vítima.

O horrendo crime aconteceu sábado à noite, quando a polícia foi chamada para um caso de violência doméstica, no sul de Portland. Nada preparava os agentes para o cenário encontrado. Mark Leo Gregory Gago tinha matado quatro pessoas - Olivia Lynn Rose Gago, de nove meses, Shaina Sweitzer, de 31 anos, Jerry Bremer, de 66 anos e Pamela Bremer, de 64 - e preparava-se para atacar uma outra menina, quando os agentes surgiram e mataram o suspeito a tiro.

"Os agentes salvaram a vida a uma menina ao usar força letal contra o suspeito de homicídio quando a tentava matar. Todos os agentes saíram ilesos e o suspeito está morto", revelou o xerife local citado pela CNN. Uma mulher e a criança salva pelos agentes sobreviveram ao massacre e foram hospitalizadas com ferimentos ligeiros.

Sabe-se que as vítimas teriam todas relações de parentesco com o assassino e nenhuma foi atacada com arma de fogo.