Mundo

Médico salva criança com berbequim

Médico salva criança com berbequim

Um médico, na Austrália, furou a cabeça de um menino de 12 anos com um berbequim caseiro para remover um coágulo sanguíneo.

Nicholas Rossi, de 12 anos, estava a andar de bicicleta, em frente à casa de um amigo, quando caiu  e bateu com a cabeça no chão. Depois de começar a ter episódios de perda de consciência a mãe levou-o ao hospital, onde o médico Rob Carson estava escalado em serviço de urgência.

O médico percebeu imediatamente que o menino tinha fracturado o crânio e que estava com uma hemorragia, potencialmente fatal no cérebro. Se não actuasse em poucos segundos, a criança poderia falecer.

O problema surgiu quando o médico se apercebeu que não tinha equipamento cirúrgico e neurológico à mão. Sem pensar duas vezes, dirigiu-se à sala de manutenção do hospital e pegou num berbequim e esterilizou a broca.

Quando se dirigiu aos pais de Nicholas comunicou-lhes que tinha que furar a cabeça de Nicholas para aliviar a pressão no cérebro, ao que acrescentou:  “Só temos uma chance para isto, apenas uma.”

O médico, que nunca tinha feito nada semelhante, telefonou a um neurocirurgião, em Melbourne, para lhe dar indicações durante a intervenção cirúrgica.

Nicholas foi transferido depois para outro hospital. O menino está bem e já teve alta.