Covid-19

Médicos em Wuhan dizem que entre 3 e 10% dos recuperados voltam a dar positivo

Médicos em Wuhan dizem que entre 3 e 10% dos recuperados voltam a dar positivo

Os médicos dos hospitais de Wuhan, na China, dizem que os testes realizados a pacientes que receberam alta voltaram a dar positivo em 3 a 10% dos casos.

Os médicos do hospital Tongji afirmaram na estação de televisão do estado CCTV que ao investigar 147 casos descobriram que 3% dos doentes recuperados tinham voltado a testar positivo para a Covid-19, depois de receberem alta.

O diretor clínico do hospital, Wang Wei, explicou que os cinco doentes que voltaram a dar positivo não apresentavam sintomas da doença e que não ficou provado se poderiam infetar outras pessoas.

Neste momento, a China tem mais casos de doentes recuperados do que de novos casos, o que torna relevante a conclusão, ainda que a amostra recolhida seja pequena.

Uma estatística que subiu até os 10% noutros estudos divulgados pelo jornal chinês "Diário do Povo", que apontam para taxas de recidivas de 10%, escreve o jornal "South China Morning Post". Em 80 a 90% dos casos analisados não há vestígios do vírus um mês após o doente ter alta.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG