Moçambique

Menino de 12 anos, filho de empresário, raptado em Maputo

Menino de 12 anos, filho de empresário, raptado em Maputo

Um menino de 12 anos foi raptado por desconhecidos na manhã de terça-feira na baixa da capital moçambicana, Maputo.

O rapto ocorreu as 7.50 horas (5.50 horas em Portigal continental) na avenida Josina Machel, disse o porta-voz da Polícia da República de Moçambique na cidade de Maputo, Leonel Muchina.

O menor é filho de um empresário da Armazéns África, uma empresa especializada na venda de material elétrico, situada na mesma avenida em que o crime ocorreu.

O rapto foi registado por câmaras de vigilância de estabelecimentos da avenida e as imagens mostram o momento em que um dos raptores arrasta a vítima para o interior de uma viatura, que de seguida abandonou o local.

As imagens mostram ainda que os raptores perseguiram a criança, que seguia para a escola.

Após uma onda de raptos nas principais cidades moçambicanas, que teve o pico entre 2012 e 2013, estes casos estavam a reduzir nos últimos anos, mas nos últimos meses as autoridades voltaram a registar este tipo de crimes.

Este é o quarto caso de rapto registado este ano em Moçambique, envolvendo empresários ou familiares.