Japão

Menino de dois anos passou três dias sozinho na floresta e sobreviveu

Menino de dois anos passou três dias sozinho na floresta e sobreviveu

Foi encontrado vivo o menino de dois anos que estava desaparecido numa floresta desde domingo, em Suo-Oshima, no Japão.

Yoshiki Fujimoto foi encontrado com alguns arranhões, descalço, desidratado e com muita fome, esta quarta-feira, por um voluntário de 78 anos que participava nas buscas. A mãe, de 37 anos, desesperada, chorou ao ver o filho.

O desaparecimento ocorreu no domingo, depois de um passeio com o avô e o irmão. Massanori Fujimoto, o avô, de 66 anos, contou que deixou o neto voltar sozinho para casa, onde era esperado pela mãe, quando estavam a cerca de 100 metros do local. Ao jornal "Japan Times", Massanori pediu perdão, assumindo a responsabilidade de ter deixado a criança sem vigilância.

Durante o tempo que passou sozinho na floresta, Yoshiki enfrentou uma temperatura máxima de 34 graus e uma mínima de 24 e muitos insetos. Foi transportado para o hospital, que garantiu que o seu estado de saúde não era preocupante e que poderia ter alta em pouco tempo.

As autoridades japonesas mobilizaram 160 polícias, drones com câmaras óticas e térmicas, cães e helicópteros para as operações de busca.

"Ele é muito forte. Estou tão grata por terem encontrado o meu filho são e salvo", disse a mãe.

Outras Notícias